Os Filtros

Todas as pessoas passam por muitas situações na trajetória de sua vida. Se avaliar cenários distintos terá uma noção do quanto a vida é um caminho de possibilidades. Em um ano podemos fazer um filtro enorme, em um mês, uma semana, um dia, as opções são muitas. Sem contar os eventos especiais que ficam registrados em nosso percurso com chave de ouro, cicatrizes e lições importantes. Muitos deles trazem mudanças tão significativas que podemos chamar de divisor de ciclos.

A vida é mesmo repleta de associações. Atuamos em um segmento de mercado ou em mais de um, nos relacionamos com diversas pessoas no âmbito profissional, familiar e social; participamos de muitas atividades educacionais e culturais e eventos diversificados; viajamos para outras cidades e aprendemos com a história e personagens dos lugares; temos afinidade por uma cor ou cores; somos tocados pela leitura; apreciamos música, estilo, moda e as mais variadas expressões da arte; curtimos a natureza com suas múltiplas paisagens: neve, montanha, mar, campo, deserto, rios; convivemos com as estações, com as fases lunares e diferentes etapas da nossa jornada, muitas vezes, compartilhando nossos conhecimentos, experiências, desafios, sentimentos e sensações com pessoas especiais e outras nem tanto assim; vamos registrando em nossa memória sensorial tantos acontecimentos, vivendo o presente e projetando o futuro e, somando todos esses elementos que comungam no campo do aprendizado, vamos trilhando nosso caminho.

Cada dia e cada oportunidade que temos de trocar informações é uma possibilidade para avançarmos. Esse avanço torna-se mais refinado quando passamos a filtrar. Sim, os filtros são valiosos, principalmente, quando são pontes para a prática do que foi selecionado como relevante. Pense agora em alguma atividade, evento, conversa ou uma situação específica que você tenha vivenciado recentemente. Agora analise se fez algum filtro do ocorrido. Por exemplo, você pode ter participado de alguma palestra, assistido uma peça de teatro ou filme.  O que essas atividades lhe transmitiram de informações e emoções? Quais perguntas despertaram em sua mente? O que foi marcante que pode fazer a diferença?  O que de novo poderia destacar? Faça o filtro e veja como aplicar o que aprendeu para sua melhoria.

Certamente você já viu o café sendo filtrado ou outro ingrediente. É o mesmo processo. Se você ler um livro fará sua releitura dele, irá filtrar de todos os capítulos sua mensagem e ela é agregada com outros pontos que você já conhecia e fará outros links com outros temas também. Nossa capacidade de tecer conexões é espetacular e assim vamos enriquecendo nosso repertório. Cada vez que filtramos investimos na nossa habilidade de percepção e aplicando o conhecimento adquirido potencializamos nossa criatividade. Filtrar é um exercício inteligente e criativo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: