COACHING APRECIATIVO

 COACHING APRECIATIVO 

Praia de Jacuipe -BA

Praia de Jacuipe -BA

 

Baseado no trabalho de David Cooperrider e   e Ronald Fry, da Case Western Reserve

Através do uso de linguagem apreciativa, o Coach e o Coachee se afastam do paradigma tradicional de feedback e confrontação direcionada aos déficits de desempenho. 

 Coaches apreciativos enfatizam que os indivíduos não precisam ser “consertados”, mas em vez disso requerem constante afirmação. 

O Coaching, entretanto, não envolve diálogo sobre fraquezas ou problemas, mas sim foco nas forças existentes e nas competências distintas. 

Uma premissa fundamentada do Coaching Apreciativo é que a solução e os recursos necessários já se encontram dentro do indivíduo. 

É apenas uma questão de acessá-los, amplificá-los e integrá-los para fazer com que o Coachee consiga alcançar seus objetivos. 

O Coaching Comportamental também considera importante a ênfase nas forças e nas realizações do indivíduo. 

Entretanto baseado em práticas validadas da psicologia, não se baseia em patologias ou modelo de linguagem de deficiências. 

Os indivíduos têm que expressar suas necessidades, problemas e preocupações para serem direcionados. 

Entretanto também existem forças consideráveis que precisam ser alavancadas para a produção de resultados, trazendo mudanças nos paradigmas e visões de futuro.

 

*David Cooperrider* Ph.D. é professor de Comportamento Organizacional e diretor do Centro Universitário dos Negócios como Agentes de Benefício do Mundo, na Universidade Case Western, de Clevand, Ohio (Estados Unidos), trabalha também como pesquisador e consultor para organizações presentes em mais de 100 países.

David Cooperrider é um dos criadores da Investigação Apreciativa e precursor desta metodologia no Brasil. Foi professor na Universidade Stanford (Estados Unidos) e na Universidade Katholieke (Bélgica). Publicou vários livros como: Appreciative Leadership and Management (Liderança e Gerência Apreciativa) e The Organizational Dimension of Global Change: No Limits to Cooperation (A Dimensão Organizacional da Mudança Global: Cooperação sem Limites).

Essa metodologia, criada nos Estados Unidos pelo Dr. David Cooperrider, é baseada em cinco princípios.

Princípio Construtivista
As organizações são percebidas como construções humanas. Construímos nossas realidades baseadas na nossa experiência prévia, e portanto, nosso conhecimento e o destino da organização estão interligados.
 Princípio da Simultaneidade
A pergunta e a mudança acontecem simultaneamente. Quando se faz uma pergunta a alguém, a pessoa que recebe a pergunta sofre uma alteração de comportamento. A pergunta apreciativa favorece a auto-estima de outra pessoa. As perguntas que fazemos são parte do processo de mudança.
Princípio Poético
Assim como uma obra de arte pode ter inúmeras interpretações, as organizações humanas podem ser vistas como livros abertos em que as pessoas são co-autoras. Passados, presentes e futuros podem ter inúmeras interpretações e podemos encontrar o que desejamos nas organizações.
 Princípio da Antecipação
As organizações, assim como as pessoas,  caminham para onde se questionam (sonhos-imagens). O mais importante recurso que se tem para construir a mudança organizacional é a imaginação coletiva e o discurso a respeito do futuro. Um dos teoremas básicos da visão antecipada da vida organizacional é que esta imagem de futuro é que de fato guia o comportamento de cada organismo ou organização.
 Princípio Positivo
A abordagem positiva tem o poder de agregar, de realimentar. Quanto mais positivas são as questões a serem feitas, mais efetivo é o esforço de mudança. A abordagem positiva tem o poder de agregar, de realimentar. Quanto mais positivas são as questões a serem feitas, mais efetivo é o esforço de mudança. 

 

 

 

 

Visite a página do Professor

http://weatherhead.case.edu/research/faculty/profile.cfm?id=5411

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by ANIBAL COELHO LIMA on 23 de abril de 2011 at 2:02 am

    Boa noite,
    Gostaria de receber mais informações sobre coaching apreciativo e agenda de treinamentos 2011.

    Att.

    Anibal Coelho Lima

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: